sábado, 23 de julho de 2011

SÍNDROME DA GREVE

Parece que a greve dos professores de Coelho Neto-MA deixou algumas pessoas da SEMEC meio desorientadas. Para começar um dia após o retorno dos professores às salas de aulas transferiram o professor Isaque Vale, sob a alegação de que a comunidade não o queria mais naquela escola.

O professor Isaque Vale foi retirado de sua sala de aula praticamente puxado pelo braço por aquele que nunca passa nos concursos públicos.

Isso aconteceu em um dia e estranhamente no dia seguinte o professor Isaque já era diretor. Ele pessoalmente não entendeu nada! Realmente não dá para entender professor.

O SALICON foi o maior fiasco patrocinado pela Secretaria de Educação do município até o momento. A programação do evento, de certo modo, foi feita de acordo com os ventos que sopravam do prédio vermelho (mal assombrado para aqueles que não respeitam os direitos dos servidores municipais).

O evento foi tão desprestigiado que nem mesmo o prefeito e a Secretária de Educação estiveram presentes. Será que ficaram com medo dos professores?

Para completar a Secretária de Educação que, pelo visto está descobrindo a sua verdadeira vocação (dá entrevista) foi mais uma vez à televisão do prefeito dizer que uma das escolas que aparece em filmagens exibidas pelos professores na Praça da Igreja matriz do município não é uma escola.

Como assim? A Escola Municipal Carlos Alberto de Araújo do povoado Buritizinho, aquela da qual o professor Isaque Vale virou diretor da noite para o dia, que recebe recursos do Governo Federal, que tem além de um diretor, uma zeladora, e uns nove alunos... 

Uma escola que não é escola... Ao que parece cada vez que a nobre secretária abre a boca piora ainda mais as coisas. Será uma espécie de síndrome da greve?


Nenhum comentário:

Postar um comentário